Notícias de Julho e Agosto

Queridos irmãos,

 Que alegria ver as nossas igrejas no Brasil participando cada vez mais no trabalho missionário aqui na Índia. Vocês já estão ajudando a sustentar 10 missionários plantadores de igrejas  e pelo menos 10 órfãos. E estamos apenas começando!

Esses missionários são:


  


Alem de auxiliar esses missionários estamos ajudando no ministério da
Visão.2020.Ásia.

Aqui em Siliguri apoiamos o Pr. Athem, que  é o coordenador regional desse ministério e também o fundador e diretor  do
 Seminário Batista dos Himalayas.  


_________________________________________
Ore também pelo ministério com os órfãos
 



...............................................................................
Conheça um pouco da vida de um dos 
missionários com quem trabalhamos: 

Pr. KAILINANG  
Servindo em Darjeeling, West Bengal, Índia:

  
"Agradeço ao nosso Deus Todo-Poderoso por me dar o maravilhoso privilégio de compartilhar meu testemunho. Bem,  a nossa aldeia é conhecida como Aling, é localizada no distrito de Tamenlong, Manipur, Índia. Fica cerca de 65 ou 70 km de distância da capital Imphal.  

Por favor, orem pelo meu povo. Tenho uma grande preocupação para o meu povo para trazê-los para outro nível de desenvolvimento. Nossa aldeia tem 85 casas e nenhum serviço oferecido pelo governo, nem mesmo o cuidado da Polícia ou Exército. Ao mesmo tempo, há muitos terroristas na região, por isso  o número de viúvas e de órfãos tem crescido bastante. Por favor, peço gentilmente que mantenham suas orações tão preciosas em favor do meu povo, especialmente por nossa igreja, a Igreja Batista de Aling. 
Nosso povo está muito  agradecido de coração pelo ensino trazido pelo Pr. Jefferson e sua esposa, bem como pelo valoroso sacrifício e tempo para chegar aqui. Desejo, portanto,  compartilhar com vocês uma bênção que recebi a alguns anos na minha vida. Quando estava no seminário fiquei seriamente doente por dois meses e meio. Meu pai não podia pagar meus estudos, por isso eu costumava trabalhar em um restaurante durante as férias, bem como durante o período das aulas em tempo parcial como bolsa-trabalho.

Bem, em 2005, durante as férias, enquanto estava trabalhando junto com um sobrinho meu, eu comecei a adoecer gravemente.  Tomava remédio, mas não sarava. Quando estava completando dois meses eu estava prestes a morrer. Não podia me mover, ficava apenas deitado na cama. Então enviei uma mensagem ao meu pai que queria ir para casa. Eu iria morrer mesmo e nem podia me levantar.  

Após o envio de mensagem, uma semana depois, meu Pai me telefonou e me disse: meu filho, eu te amo, mas eu te entreguei a Deus, mesmo se você morrer, morra aí. Eu não me importo se não ver o seu corpo morto. Você e eu nos encontraremos lá  no céu, com certeza. Só venha para casa depois de terminar o seu curso. Não venha sem completar o seu estudo. Não tenho dinheiro para enviar para você também. Se você morrer, morreu. Deus cuidará de você. Eu dei minha palavra a Deus que eu te entreguei para servi-lo. Portanto, se Ele quiser te levar, deixe-o levá-lo. Não pense que eu não te amo, eu te amo meu filho. E desligou o telefone.

Eu chorei muito naquele momento. Quando a manhã do dia seguinte chegou, eu abri minha Bíblia e começei a ler Filipenses 4: 6-7: "Não estejais inquietos por coisa alguma...", meu corpo recuperou ânimo depois de ler essa passagem. Então abri de novo a Bíblia e continuei lendo.  "...antes as vossas petições sejam em tudo conhecidas diante de Deus pela oração e súplica, com ação de graças. E a paz de Deus, que excede todo o entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos em Cristo Jesus".  E, então, li I Pedro 5:7: "...Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós".  

Após a leitura destes dois textos comecei a melhorar. Eu levantei da cama e comecei a andar ao redor.  Meu sobrinho me viu, ficou surpreso e até pensou que eu estava ficando louco. Mas eu lhe pedi comida, arroz com frutas.  Como eu pedi ele me trouxe.  Naquele mesmo dia voltei para o  seminário e deitei na minha cama.  Logo, meus colegas que estavam voltando das férias ficaram surpresos ao ver a minha condição de saúde.  Todos eles contribuíram com algum dinheiro, no total Rs 6.000,00 (Rúpias), com o qual usei para pagar o seminário, bem como os remédios.  
Eu conduzi meu pai a Cristo em  junho de 1998.  Naquele dia ele aceitou a Jesus Cristo como seu Salvador.  Agora, através da fé do meu pai ele me salvou da morte em junho de 2005.
Obrigado pelo privilégio de compartilhar meu testemunho e o que Deus fez na minha vida. Que o Senhor te abençoe".

.........................................................
Nossos Pedidos de Oração:
  1. Estamos quase terminando de confeccionar os 4 livros do 2º Ano do Material Didático para EBD. Estes livros serão distribuídos para todos os plantadores de igrejas que conhecemos e apoiamos. E também, sempre que possível, damos um Treinamento Intensivo para os Professores da Escola Dominical. Louvado seja Deus, pois recebemos uma oferta de uma irmã brasileira para esse material.
  2. Para os próximos 4 meses, estamos programando várias Conferências em Igrejas, Seminários e Orfanatos nos Estados de Assam, Manipur e Nagaland. O objetivo principal é ajudar os pastores e membros dessas igrejas a levantarem seus olhos para os campos e para que ajudem mais os seus próprios missionários. Precisamos de suas orações para essas viagens, devido aos constantes conflitos sociais, etnicos, políticos e religiosos nessas regiões.
  3. A Igreja que estamos ajudando a plantar em Siliguri estará em campanha para a compra de um terreno nos próximos meses. Orem para que os próprios membros sejam motivados  a contribuírem. Ofertas do Brasil também são muito bem-vindas
......................................................
Mais uma vez irmãos, muito obrigado por suas orações e apoio, damos graças a Deus por nossa saúde e provisão de Deus em tudo, e também sobre nossos filhos no Brasil. Continuem em constante oração, pois somente o Senhor pode nos guardar e sustentar nesse mundo em que vivemos. Também estamos sempre orando por vocês.

Um grande abraço com saudades,

Pr. JeffQuevedo & Epi

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir